Panara a Volta dos Índios Gigantes


A SAGA DE UMA TRIBO QUE DEU A VOLTA POR CIMA

Krenakarore, Kreen-Akrore, Kreen-Akarore,Krenhakore, Krenacarore, Kranhacãrore….

Os índios gigantes”, estão de volta.

E sorridentes…

Apesar do trauma do contato em 1973, dos vírus dos brancos que quase os dizimaram, da transferência forçada do rio Peixoto de Azevedo para o Parque do Xingu e de vinte anos de exílio eles recobraram o ânimo de viver e lutar. Voltaram a crescer, a orgulhar-se de si e reconquistaram parte do seu antigo território tradicional no rio Iriri, 495.000 ha de floresta densa e cabeceiras de rios, ainda não “comidos” pelo brancos, na divisa entre Mato Grosso e Pará.

Agora, eles querem ser reconhecidos pelos seu verdadeiro nome: Panará.

Este livro conta a história da saga dos Panará, iluminando, o que aconteceu antes, durante e depois do mais divulgado “primeiro contato” de um povo indígena com a sociedade brasileira na época das telecomunicações modernas.

Para recuperar esse caso emblemático da história recente do Brasil, as fontes de informação foram revisitadas e inúmeros personagens entrevistados.

Com o auxílio de assessoria antropológica, foi possível colher a versão dos Panará, em sua própria lingua.

Afinal , eles eram mesmo gigantes.

Não na estatura, mas na vontade.

panara01 panara02 panara03 panara04 panara05 panara06 panara07 panara08 panara09 panara10 panara11 panara12